24 de junho de 2018

IPCA, utilizado para a meta de inflação, atinge 0,78% em dezembro e 6,41% em 2014

9 de janeiro de 2015 - 11:23

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), variou 0,78% em dezembro, ficando acima da taxa de 0,51% registrada em novembro, representando a segunda maior taxa mensal do IPCA no ano, superada apenas pela taxa de março, quando atingiu 0,92%. Em dezembro de 2013, a taxa havia ficado em 0,92%. O item “Transportes” registrou a maior aceleração no mês, com 1,38%.

Grupo Novembro Dezembro
Índice Geral
0,51%
0,78%
Alimentação e Bebidas
0,77%
1,08%
Habitação
 0,69%
0,51%
Artigos de Residência
 -0,04%
0,00%
Vestuário
 0,39%
0,85%
Transportes
 0,43%
1,38%
Saúde e Cuidados Pessoais
 0,42%
0,47%
Despesas Pessoais
 0,48%
0,70 %
Educação
 0,21%
0,07 %
Comunicação
 0,08%
0,00%

O IPCA do ano de 2014 situou-se em 6,41%, acima do IPCA de 5,91% de 2013, e ficando perto do teto da meta de inflação de 6,5% ao ano, estipulado pela Banco Central. Dessa forma, aumenta a pressão para um maior controle da inflação, inclusive via política monetária e a própria taxa de juros Selic.

O item Habitação registrou a maior alta,  superando em 8,80% o que se gastava em dezembro de 2013. Já o grupo Comunicação mostrou queda de 1,52%.

Grupo 2013 2014
Índice Geral
5,91%
6,41%
Alimentação e Bebidas
8,48%
8,03%
Habitação
 3,40%
8,80%
Artigos de Residência
 7,12%
5,49%
Vestuário
 5,38%
3,63%
Transportes
 3,29%
3,75%
Saúde e Cuidados Pessoais
 6,95%
6,97%
Despesas Pessoais
 8,39%
8,31 %
Educação
 7,94%
8,45 %
Comunicação
 1,50%
-1,52%

Print Friendly and PDF

Noticias Relacionadas